Thinking Digital 2020 O maior evento de Inteligência Artificial do ano

O maior e mais importante evento de Inteligência Artificial do ano, Thinking Digital 2020, organizado pela Assespro RJ em parceria com o Museu do Amanhã superou as expectativas dos organizadores e do público.

Idealizado para ter um debate amplo envolvendo governo, pesquisadores, empresas de tecnologia nacionais e estrangeiras e jornalistas de tecnologia e empresariais, o Thinking Digital abordou todos os aspectos econômicos, científicos e tecnológicos da Inteligência Artificial no mundo.

A abertura foi minha, como presidente da Assespro RJ e do Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital na Secretaria de Empreendedorismo e Inovação, José Gontijo.

Eu lembrei do evento do ano passado quando falamos do polo de Inteligência Artificial e como este assunto evoluiu nos últimos 12 meses no Brasil e no mundo mobilizando rapidamente a academia, empresas de tecnologia e governo na formação de um hub no Rio de Janeiro.

José Gontijo falou detalhadamente do projeto do governo federal com a participação direta do MCTIC envolvendo as seguintes demandas: Agronegócio, Saúde, Indústria e Cidades Inteligentes e também a demanda do próprio governo.

Como é tradição do evento em edições anteriores, chamamos um analista da conjuntura político-econômica para keynote speaker no Thinking Digital 2020. Ricardo Sennes, economista e doutor em ciências políticas da Prospectiva, fez uma análise abrangente do panorama econômico do Brasil e do impacto das reformas propostas pelo governo.

O evento durou o dia inteiro, auditório do Museu do Amanhã que estava cheio de um público diverso que se auto classificou como composto por 50% clientes e interessados, 31% fornecedores de tecnologia e 19% pesquisadores.



Pelos palestrantes de peso, pode-se sentir o conteúdo do congresso:

O primeiro painel do dia contou com a participação de Thassius Veloso (jornalista especialista em tecnologia do grupo Globo), Robert Janssen (CEO da OBr.Global, especialista em internacionalização) e Ladmir Caravalho (Presidente e Fundador da Alterdata), Bruno Mondin (Vice-Presidente da Stefanini).
Na sequência, Maurício Guedes (Diretor de Tecnologia da FAPERJ) e o último painel da parte da manhã com Silvana Belini (Sócia da Spectranet), Edson Antônio (Líder Global de Inteligência Artificial da Vale) e Ariel Dascal (Chief Digital Officer da Rede D’Or São Luiz).
Após o intervalo do almoço, eu voltei ao palco com os companheiros do Hub de Inteligência Artificial do Rio de Janeiro de Guilherme Travassos (Professor e Coordenador da COPPE / UFRJ) e John Forman (CEO da JForman).
O evento também contou com a palestra de Marcela Sabino (Diretora do Laboratório de Atividades do Amanhã do Museu do Amanhã).  Em seguido nosso momento pitch, o Momento Pitch, onde trouxemos três empresas para falarem de suas soluções em Inteligência Artificial. Foram elas: LAB245 com a Magali Robot, PHDSoft e Monteal Informática.
Por fim, Casos de Sucesso Utilizando a Inteligência Artificial, com Robert Janssen, Marcio Aguiar (Diretor da NVIDIA), Antônio Tadeu (Pesquisador do Laboratório Nacional de Computação Científica - LNCC) e Pedro Martins (Coordenador de Planejamento do Centro de Operações Rio - COR).



Comentários