Plataformas de Desenvolvimento Low-code, uma tendência para ficar



Nas plataformas tradicionais, a programação de software é uma atividade que envolve especialistas em determinadas linguagens, muita análise de requisitos entre específicos e genéricos e, por fim, muita programação.  Essa programação, por ser intensiva, exige uma equipe de TI grande e um gerente de projetos que além de controlar custos e prazos, faz a interlocução de quem entende do negócio com quem programa.  Como consequência, os projetos são caros e demorados.

Agora imagine se os programas pudessem ser feitos com equipes pequenas, de uma só pessoa, por exemplo, que dialogam diretamente com quem entende do negócio. E se esse programador não precisasse saber programar linguagens muito complexas mas só selecionar caixas, opções, tudo numa interface amigável com funções prontas?  Um projeto levaria muito menos tempo até sua entrega e seria muito mais barato.

Plafatormas low-code

Para tudo isso acontecer, hoje existem as chamadas plataformas low-code, que são softwares que criam novos softwares com baixo nível de programação.  Nas plataformas low-code o programador só precisa conhecer bem os conceitos do negócio, usar algumas interfaces gráficas e baixíssimo nível de programação.  

O segredo dessa mágica é que nas plataformas low-code boa parte do código genérico já está pronto e normalmente são as partes mais complexas e mais importantes, como por exemplo, funções de login, auditoria, direitos e segurança de acesso. Outras categorias de códigos especializados como geração de relatórios, indexação de documentos e regras de aprovação também estão disponíveis. As ferramentas low-code se agrupam em módulos que podem ter cada uma centenas de parâmetros e dezenas de milhares de combinações.

Nova tendência nas corporações

Plataformas low-code são uma tendência muito forte nos ambientes corporativos. Isso ocorre pela sua simplicidade em programar, pela rapidez e consequentemente pelo baixo custo de desenvolvimento.  A adoção de plataformas low-code, também ajudam no atendimento das demandas, diminuindo o tempo de criação de um protótipo e validação com a área usuária.


Novas soluções para velhos problemas

 Gerar documentação para um sistema sempre foi um trabalho árduo. A documentação deve seguir padrões, devem ser claras o suficiente para compreensão da área de negócios e preciso o suficiente para a equipe de desenvolvimento, um aborrecimento para o analista e um desafio para o gerente de projetos.

Boas ferramentas low-code já geram a documentação para você com  precisão e sempre dentro dos padrões.  Além de economizar muito tempo de redação e formatação, agora com uma documentação precisa, qualquer outro desenvolvedor pode pegar um projeto low-code, fazer melhorias e adaptações sem retrabalho com uma leitura fácil do que já foi feito.

Como os módulos já estão prontos e foram testados com muitos usuários, a qualidade do produto final também aumenta.  Raramente você vai encontrar bugs nos módulos de modo que os testes de qualidade podem se concentrar nas regras de negócios e no layout.

Onde encontro uma plataforma low-code?

A família Folder245 é uma plataforma low-code. Ela permite a modelagem de aplicações que geram automaticamente interfaces, automatizam as regras de negócios, criam formulários e objetos de integração usando interface gráfica e pouca codificação, principalmente para a parte criativa de layout.

Com o Folder245 podemos criar aplicações e apps para diversos fins, como por exemplo, gestão de pessoal, contratos, estoque, financeiro e qualquer outra aplicação que usuários e desenvolvedores conseguirem imaginar.
  

Comentários

  1. Muito interessante! É uma grande oportunidade para melhorar a produtividade no desenvolvimento de projetos pois se o consultor dominar as ferramentas Low Code ele mesmo pode conduzir o trabalho, reduzindo as arestas para os programadores.

    ResponderExcluir
  2. Interessante! Mas como toda plataforma de desenvolvimento, existe um código nativo gerado em background. Existe a possibilidade de configurar a linguagem, como por exemplo, Java ou C#?

    ResponderExcluir
  3. É possível acessar a API por java ou C#, mas o objetivo do software é não precisar de programação.

    ResponderExcluir
  4. Entendi. Mas vão existir requisitos que necessariamente terão que ser customizados. E se existe a possibilidade, então de fato, não existe limitação.

    Obrigado Maria Luiza, e parabéns.

    Artigo muito interessante e relevante dentro do contexto de mercado.

    ResponderExcluir
  5. Você pode indicar algumas ferramentas free ou trial para avaliação?

    ResponderExcluir
  6. A família Folder245 tem uma plataforma low code online. Não é free, mas tem opções de total. Entre em contato com comercial@lab245.com

    ResponderExcluir
  7. Alguma dica sobre plataformas no code?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A plataforma Folder245 é muito eficiente é rápida de implantar. Normalmente usamos em grandes empresas.

      Excluir

Postar um comentário